Os dias pareciam infinitos

O tempo teimava é não passar

Nada tinha sentido

Nem sei quem me fazia neste mundo andar.

 

Sei que estou a pedir muito

Mas sonhar nunca é demais

Quero perseguir este sonho

E só contigo sou capaz.

 

Não sei o que vai acontecer

Mas vejo o teu olhar ao amanhecer

É um olhar de querer e é assim que quero viver.

 

Digo- te que este amor me cortou as asas e já não consigo voar

Tenho as mãos atadas e só a ti me quero entregar.

 

És a minha dedicação

És o meu bem querer

És o meu doce amor

Me apaixonei por você.

 

Vem e me leva

Estou rendido a este amor

Me põem na tua cela

Tem essa amabilidade me faz esse enorme favor.

 

 

Em ti estou ligado Vem sentir o meu perfume

Vem sentir um amor recheado

Vem sentir o meu lume.

publicado por RO ALMADA às 15:51