017

 

 

    Não era grande lutador
    Mas fui persistente
    E perante todas as dificuldades
    Não fui um desistente

    Triste é viver na incerteza
    Alegria é te ouvir a sorrir
    Não vou parar de gritar "AMO-TE"
    Para toda o mundo ouvir
   
    Não podia ser mais feliz
    Recebendo teu delicioso calor
    Recebendo teus beijos com sabor aniz
    Já não sei viver

    Sem o teu amor.

 

2015 (3)

                                                                                                                               ( António Maia )

 

 

publicado por RO ALMADA às 22:45