Pelo teu olhar cativo
Conheci o verdadeiro amor
Na minha alma abriu um lindo sorriso
Em mim chegou um aconchegante calor

És como um farol na escuridão
És a luz que mais precisava
Das profundezas senti um clarão
Luz que me levou ao teu encontro
És o porto seguro que necessitava

Tua luz me marcou
Iluminando o caminho da felicidade
Já algum tempo passou
E do passado não tenho saudade

Tempos estes bem vividos
Tempos de muita pureza
Tempos que não serão esquecidos
Tempos de intensa beleza.

 

01052016 (5)

                                                                                                                                         ( António Maia )

 

 

 

 

 

publicado por RO ALMADA às 00:11