Nesta tempestade só ouço o vento
    O vento que tudo leva
    Sei que no amor não existe tempo
    Mas não sei o que a vida me reserva.

    Tristezas tenho aqui dentro
    Vontade enorme de a pôr cá fora
    Para a minha tristeza existe saída
    Existe uma maneira de a mandar embora.

    Não sei como te agarrar
    A solução me escapa pelos dedos
    Mas sei que não vou desistir sem tentar
    Sei que vou lutar contra todos os medos.

    Por ti, abdico de todo o meu mundo
    Quero te apresentar o sentimento mais profundo que o mar
    Quero te oferecer o amor mais intenso e sem fundo
    Amor, é só contigo sonho estar.

                                                             (António Maia)

publicado por RO ALMADA às 11:19