.

A  Rosa e o Cravo

 

Era rosa de jardim

E eu cravo de pôr ao peito

Juntou-nos S.Valentim,

Hoje somos amor-perfeito.

 

Nesse laço de paixão

Com que o santo nos uniu

Ficou tamanha junção

Que até hoje não partiu.

(…)

Ilumina os nossos passos

Pela estrada da doçura

Deitando nos nossos braços

Uma luz… feita ternura.

 

Amar é nosso destino

Nas horas boas e horas más,

É um tal poder divino

Que tudo por nós ele faz.

 

Que a história carinhosa

Que o nosso amor bendiz,

Dê ao cravo e à rosa

Um final muito feliz.

 

                      (Rama Lyon)

 

 

 

publicado por RO ALMADA às 11:55