.

 

A vida se move em ciclos  
De fazer e desfazer, 
Que sentimentos arrefecem, 
Que ardentes paixões esfriam,  
Que toda glória é efêmera... 
Mas que os ciclos favorecem  
O renascer da esperança 
É esse, sim, é duradouro... é eterno 
Em todos os corações humanos...

                                                           (Oriza Martins)

 

publicado por RO ALMADA às 18:23